“Tudo muito emocional, tudo muito político” no IndieLisboa 2022 | Cinema

Uma edição, que se realiza entre 28 de abril e 8 de maio, “muito combativa”, em que “tudo é muito emocional e político” e em que a forma artística “ajuda a tornar suportável o insuportável”. E ainda, vocêma selecção internacional “muito heterogénea” e “muito jovem” — serão 14 títulos. Em vésperas do anúncio de owe blocos da 19.ª edição, a Competição Internacional ea seção Silvestre, o que será feito nesta terça-feira, a direção do IndieLisboa, constituído por Mafalda Melo, Miguel Valverde e Carlos Ramos, que já antes havia sido revelado que 202 se ocuparia da má propriedade de Doris Wishman (1912-2002) com retrospectiva dedicada à pioneira da exploração fêmea, viajam com o PÚBLICO pela memória que já deixam o trabalho de selecção. Renovam encantos, são também surpresas pelas escolhas que fizeram.

Leave a Comment

Your email address will not be published.