Sting: “Os homens adultos não deviam ter bandas”

Sting deu uma olhada na revista “MOJO”, na qual afirmou que “homens adultos não deviam ter bandas”.

O músico britânico, que se tornou adolescente, rock com os Police, grupo que teve a estrela quando era já um homem adulto, considerado que “uma banda é um ganga”.

“Quem é que quer fazer parte de um ganga adolescente com 70 anos? Isso não te permite evoluir”, acrescentou.

“Tens de obedecer às regras e às ideias da banda. Por muito que goste dos Rolling Stones e dos AC/DC, é difícil ver evolução na música deles”.

Sting disse ainda que a sua carreira solo não teve sucesso cedido, um regresso aos policiais que não atendeu, caso em cima da mesa.

“Para mim, a banda era um veículo para canções, e não o contrário. [meu primeiro] álbum [a solo] não tivesse sido um sucesso. Teria rabinho para a banda e posto entre as pernas Espero que não”, explicou.

Leave a Comment

Your email address will not be published.