Star Wars: A Ascensão Skywalker

Capa da Publicação

Star Wars: A Ascensão Skywalker chegou aos cinemas em 2019, se uma produção divisiva entre os fãs da saga. Mesmo depois de sua estreia, o longa gera debate sobre o que aconteceu e que poderia ter sido, algo fomentado por comentários dos bastidores e artes conceituadas de cenas que não chegaram à produção final. Esse último caso é o que ocorre com artes que mostram mascarbaca preso, com o personagem amado tendo que enfrentar a brutalidade da Primeira Ordem em material que acabou sendo descartado (via ScreenRant).

No filme, o icônico co-piloto de Han Solo de fato é capturado. Como as artes conceituadas são exibidas, porém, as cenas em que Chewba Ordem foram publicadas pela Primeira Ordem seriadas e publicadas sendo publicadas. Você pode conferir como ilustrações do momento abaixo:

Filme mostraria Chewbacca preso após ser pela Primeira Ordem.

Arte conceitual sugere que personagem seria torturado.

Cena de tortura acabou ficando de fora da versão final do filme.

Joonas Suotamoque deu vida ao personagem, revelou que não só o filme mostraria Chewbacca sendo torturado, como também que uma cena com Kylo Ren (Adam Driver) o torturando chegou a ser filmada. Além de elogiar a atuação de Driver, o contorno que acredita que o momento foi removido pelo resultado ser sombrio demais para um filme da Disney. A cena em questão não foi disponibilizada em nenhuma versão do longa, e sequer aparece entre os extras de A Ascensão Skywalker.

mascarbaca aparece em diversos filmes da saga, tendo sido vivido por peter mayhew antes de o manto ser passado para Suotamo. Apesar de ser uma trilogia mas recente de Guerra das Estrelas não ter sido bem produzidas outras obras, é possível que o personagem apareça em séries focadas na série, como as feitas para o Disney+ ou mesmo futuros projetos cinematográficos. Até o momento, porém, não se sabe quando os convidados poderão ver o wookie em outra cena.

Star Wars: A Ascensão Skywalker está disponível não Disney+.

Fique com:

Leave a Comment

Your email address will not be published.