Segunda edição celebra o Dia Nacional do Chorinho

O Theatro José de Acar, equipamento da Secretaria da Cultura Ceará (Secult CE), a sexta pelo Instituto Dragão do Mar (IDM), nesta sexta-feira, recebe das 17 horas segunda edição do “Projeto Macaubar”. A estreia de outubro no dia 17 de 2021, dentro da programação do “Theatro de Abertas”.

Tendo como locação a Praça Mestre Boca Rica, situado no anexo CENA do TJA, o evento é aberto ao público e contará com a presença do Mestre Macaúba do Bandolim e músicos convidados. O evento casa-se também com as celebrações alusivas ao Dia Nacional do Chorinho o aniversário de Pixinguinha (23 de abril).

O “Projeto Macaubar” surgiu com o propósito de trazer à ton as memórias da tradição cearense, não somente do gênero choro, como também as clássicas serestas dos bares das noites de Fortaleza. O momento traz a importância da identidade cultural, garantindo a tradição do chorinho e seus “novoschorões” para as novas gerações.

Seja assinante O POVO+

Tenha acesso a os conteúdos exclusivos, colunistas, acessos ilimitados e a todas as lojas, farmácias e muito mais.

Assin

A roda de músicos conta com a presença de amigos do Mestre, nomes da nova geração do cenário local, como Ian Calíope, Gugu, Pedro Ernesto, Pedro Madeira e Rafael Melo. Também marcará presente como convidados devedores filhos de Macaúba: Marinaldo do Bandolim e Reginaldo.

O nome “Macaubar” faz referência ao bar que surgiu de visitas informais e espontâneas de amigos e músicos à casa/sítio de José Felipe da Silva (o Macaúba) e Beliza Guedes (sua esposa), que sempre estiveram tocando nas noites de Fortaleza, desde acada de 1970, quando iniciou sua carreira.

A casa não caracteriza muito tempo para se transformar em um bar acolhedor, com comidas e bebidas, além de muita experiência musical, o que bem a boêmia das rodas de choro dos chorenses. A primeira vez que os músicos se juntaram na Residência do Macaubafé no ano de 1995, entre eles estavam os nomes de Evaldo Gouveia, Ribamar Freire, Tarcísio Sardinha, Rodolfo Forte, Edson Távora e Carlinhos Patriolino.

O evento de feira contará com Iracema e o cardápio do Café nesta sexta-feira o serviço de cozinha Mirherme e seu Tempero da Nega. A entrada só será permitida com a apresentação do comprovante com o esquema vacinal completo contra a Covid-19 (très doses para pessoas com 18 anos ou mais), Acompanhado de RG ou outro documento oficial com foto.

Projeto “Macaubar”: Segunda Edição

Quando: 22 de abril (sexta-feira), às 17h.
Aceno: Praça Mestre Boca Rica/ Anexo CENA do TJA (Rua 24 de Maio, 600 – Centro)
Informação extra.: (85) 99650.1933 (Milza Gama) / @projectomacaaubar (Instagram)
Entrada franca

Podcast Vida&Arte
O podcast Vida&Arte é destinado a falar sobre temas de cultura. O conteúdo está disponível nas plataformas Spotify, Deezer, iTunes, Google Podcasts e Spreaker. Confira o podcast clicando aqui

Duvidas, Críticas e Sugestões? Fale com a gente

Tag

Leave a Comment

Your email address will not be published.