Qual novela deve substituir O Clone no Vale por Pena Ver de Novo? Vote no enquete Notícias da TV

A Globo deve decidir em breve qual novela vai substituir O Clone no Vale a Pena Ver de Novo. A história de Jade (Giovanna Antonelli) está no ar desde 4 de outubro, e as especulações sobre a próxima retomada já começaram a surrer nas redes sociais. Qual folhetim você quer ver nas tardes da emissora? Vote na enquete no final deste texto.

Agora, o Vale a Pena Ver de Novo é dedicado apenas às novelas das oito, já que a emissora criou em dezembro uma nova faixa de reapresentações pós-Jornal Hoje com Folhetins das Seis e das Sete.

A previsão é que a história escrita por Gloria Perez fique no ar ate maioea Globo deve apostar em uma trama que tenha potencial para levantar o ibope fazer horario.

Confira cinco novelas que mericiam ser reprisadas:

DIVULGAÇÃO/TV GLOBO

Regina Duarte contracenou com Glória Pires

Vale Tudo (1988)

Vale Tudo Denuncie a Reversão de valores no final dos anos 1980 no Brasil. A discussão sobre o objetivo agregador da família é criada pelo meio do embate do Rio de Janeiro com a filha Maria de Ação (Gloria Pires), jovem que rouba o dinheiro da família e foge para o Rio de Janeiro com o tornar se tornar modelo. Maria de Fátima seduz o milionário Afonso Roitman (Cássio Gabus Mendes) de olho no dinheiro do rapaz.

A jovem aceita a proposta da sogra Odete Roitman, interpretada por Beatriz Segall (1926-2018), para separar Raquel de Ivan Meirelles (Antonio Fagundes) com a promessa de ter direito à fortuna de Afonso após owe anos de casamento. A reprise da novela pode conquistar uma nova geração que nem era nascida quando foi ao ar. Além disso, a reapresentação também serviria como uma homenagem a Gilberto Braga (1945-2021), que morreu em outubro do ano passado.

DIVULGAÇÃO/TV GLOBO

Deborah Secco encolhida numa porta-luvas de carro

Sol (Deborah Secco) sonhava em ir para os USA

América (2005)

Criada por Gloria Perez, novela acompanhada por Sonho de Sol (Deborah Secco) em morar nossos Estados Unidos. Ao buscar o desejo de sair do Brasil, a mocinha também deixa para trás o romance com Tião (Murilo Benício), um peão que almeja o título de campeonato de rodeios. A jovem comete loucuras como tentar atravessar a fronteira com o México dentro da porta-luvas de um carro e acabando sendo presa acusada de tráfico de drogas.

Sol sofre muito ate cruzar o caminho do norte-americano Ed (Caco Ciocler), com quem engata um relacionamento. A trama também aborda as dificuldades dos deficientes visuais por meio de Jatobá (Marcos Frota) e Maria Flor (Bruna Marquezine). Histórias paralelas também são lembradas pelo público, como a da cleptomaníaca Haydée (Christiane Torloni), o romance secreto da viúva Neuta (Eliane Giardini) com o peão Dinho (Murilo Rosa) e a paz de Junior (Bruno Gagliasso) por Zeca (Erom Cordeiro) .

RENATO ROCHA MIRANDA/TV GLOBO

Marjorie Estiano olha para Dalton Vigh

Marjorie Estiano e Dalton Vigh formaram o casal

Duas Caras (2008)

O Folhetim de Aguinaldo Silva fé o primeira exibição da Globo em alta definição. A história começa com o golpe de Adalberto Rangel (Dalton Vigh) em Maria Paula (Marjorie Estiano) após o acidente que mata a família da mocinha. O mau-caráter promete cuidar da jovem e se casa com ela com a intenção de roubar toda a fortuna. Depois de executar seu plano, o vilão foge e deixa a mulher grávida. Ele ainda faz uma cirurgia plástica e assume a identidade de Marconi Ferraço.

O crápula, então, constrói um império e fica noivo de Silvia (Alinne Moraes). Anos depois, Maria Paula se muda com filho Renato (Gabriel Sequeira) para o Rio de Janeiro disponibilize a se vingar de Adalberto de pois de reconhecê-lo em uma reportagem na TV.

A novela também é lembrada por personagens como Juvenal Antena (Antonio Fagundes), Alzira (Flávia Alessandra)Branca (Susana Vieira) e trisal formado por Dália (Leona Cavalli), Heraldo (Alexandre Slaviero) e Bernardinho (Thiago Mendonça).

MARCIO DE SOUZA/TV GLOBO

Claudia Raia e Carmo Dalla Vechia

Claudia Raia fez por com Carmo Dalla Vecchia

Um Favorito (2008)

A trama escrita por João Emanuel Carneiro é focada na rivalidade entre Donatela (Claudia Raia) e Flora (Patricia Pillar), que no passado cantavam juntas como a dupla sertaneja Faísca e Espoleta. Flora é acusada pelo assassino de Marcelo Fontini (Flavio Tolezani), marido da parcelira, e cumpre pena de 18 anos na prisão, deixando a filha sob os cuidados da ex-amiga.

Ao sair da cadeia, a loira jurou ser inocente e acusa Donatela de ser a verdadeira criminosa. As duas protagonistas, então, ainda passam a brigar constantemente e disputam a tenção de Lara (Mariana Ximenes), fruto de uma traição de Marcelo com Flora. Um dos grandes trunfos da novela é a indefinição sobre quem é mocinha e quem é vilã na história —dúvida que só é esclarecida depois de três mesessem capítulo 56.

CÍNTIA SALLES/GLOBO TV

Malvino Paolla Oliveira com palestras Salvador e

Malvino Salvador e Paolla Oliveira na novela

Amor na Vida (2013)

A novela de Walcyr Carrasco narra os conflitos da família Khoury, o pai rico do Hospital San Magno. De olho na herança do pai, Felix (Mateus Solano) cometa atrocidades para prejudicar a irmã, Paloma (Paolla Oliveira). O vilão é capaz de jogar a sobrinha Paulinha (Kra Castanho) ainda recém-nascido em uma caçamba de lixo. A menina acaba sendo criada por Bruno (Malvino Salvador).

O rapaz se envolve com Paloma anos depois sem saber que ela é mãe biológica de Paulinha. Depois de muito drama e conflitos, Félix é perdoado pela irmã e encontra a redenção nos braços de Niko (Thiago Fragoso). O casal ainda entro para história ao dar o primeiro beijo entre homens das novelas brasileiras. A trama ainda ficou marcada pelas trapalhadas de Valdirene (Tatá Werneck), as maldades de Aline (Vanessa Giácomo) e o romance de idas e vindas entre Michel (Caio Castro) e Patrícia (Maria Casadevall).

Investigação

Qual novela deve substituir O Clone?


Registre nenhum canal faça Notícias da TV sem YouTube Assisti a vídeos com revelações de novelas sóbrias, TV e celebridades:

Leave a Comment

Your email address will not be published.