Número de pessoas que já estiveram em The Walking Dead impressionou

Ó universo de Mortos-vivos não é exatamente muito seguro. Não bastassem os zumbis, ainda há psicopatas para todos os lados. Não por acaso, um estudo considerou uma série como a “but perigosa”.

Conform estudo realizado por companhia de seguro no Reino Unido (via Looper), Mortos-vivos é uma “série de TV fictícia mas perigosa para se viver”, superando outras violentas como Game of Thrones e American Horror Story.

O estudo mostra que a série teve 1808 mores ao longo de 147 episódios (do piloto ao meio da 10ª temporada).

Em outras palavras, há uma mídia de 12 mortes por episódio e 180 mortes por temporada. Realmente não é um lugar muito seguro para se viver.

Ilha dos Mortos vem aí

Ilha dos Mortos, série nova derivada de Mortos-vivosé para chegar na AMC e AMC+ em 2023. Mortos-vivosdeve ser pelo streaming Star+.

Scott Gimple, diretor de história do TWD Universe, supervisor de projeto, investigador e showrunner será Eli Jorné, que atuou como produtor executivo das principais estrelas, Cohan e Morgan.

A imprensa, Gimple diz: “Eli criou um hospício de mortos ca, bonito e sujo para Negan, Maggie e fãs do que est Ingão programados programados para descobrir um mundo invisível e emsano do universo TWD. Lauren e Jeffrey sempre foram colaboradores fantásticos e, agora, trazem essa série de colaboração a um novo nível que levará esses personagens aos seus limites com o mundo – e entre si. Todos nós somos empolgados em totalmente, somos totalmente novos e diferentes Mortos-vivos para as idades.”

Enquanto isso, clique em quem e assine Star+ para ver a última temporada de Mortos-vivos.

Leave a Comment

Your email address will not be published.