Netflix fará minissérie sóbria chacina da Candelária

TEM netflix vai lançar uma minissérie sóbria a Chacina da Candelária, que deixou oito mortos no Rio de Janeiro, em 1993. A novidade foi revelada nesta quarta-feira (27), pendente painel da plataforma de streaming no Rio2Cevento de inovação que acontece no Rio de Janeiro.

A minissérie, ainda sem título, tem à frente como showrunner do cineasta Luís Lomenha, que passou nos últimos anos trabalhando na produção. “A gente está tentando ressignificar um fato trágico. A gente quer fazer o espectador ouvir que as crianças morreram na chacina da candelária crianças“, ela diz.

Para criar o roteiro da minissérie, que terá quatro personagens protagonistas, Lorenha conto com o auxílio de sobreviventes do massacre — na época, adolescentes que dormiam nas épocas da Igreja da Candelária. “Eles nos ajudaram a ouvir um pequeno menino que viviam ali na igreja. (…) Esses homens e mulheres narram uma visão completamente distinta da visão que a sociedade tinha deles”.

O diretor destacou que a produção não terá violência extrema ou sensacionalismo. “Não espere assistir corpos negros no chão, violência extrema, a gente vai contar isso de uma forma completamente diferente”, afirmou, antes de completar: “O nosso desafio é fazer diferente da forma como a TV e o jornal mostram esses corpos”.

A minissérie teve ainda uma sinopse divulgada pela plataforma: “A produção acompanha as 36 horas que antecede a tragédia pelo ponto de vista de quatro crianças. Oriundos de projetos de estruturados, esses jovens encontram-se nas ruas do Rio de Janeiro, e na companhia mútua, uma forma de tocar a vida e, quem sabe, alcançar seus sonhos e viver aventuras – ate terem seus futuros interrompidos por uma chacina de repercussão mundial“.

A minissérie começa a ser primária no segundo semestre de 2022 e deve estrear em 2023.

*Um jornalista viajou convidado para a organização do Rio2C

Leave a Comment

Your email address will not be published.