Músicos da periferia se unem para compartilhar arte das ruas – Artes

Ideia de publicar eventos culturais enquanto os fundadores ministravam oficinas de grafite e poesia

Rodrigo, Luan e Celso são os responsáveis ​​pelo programa TV Quadra1. (Foto: Marcos Maluf)

Um grupo de artistas encontra-se gritando um canal nas redes sociais e publica ainda mais eventos culturais há anos com Hip Hop, Trabalha pela e para as ruas. Com a ideia em mente por um tempoos fundadores da TV Quadra1 explicam que tudo começou a poesia em meio a rodas de grafite e no Nova Lima.

Com formato informativo produzido apenas com celular, o primeiro episódio do canal Faith publicado neste mês. Idealizador do nome, Luan Fioravante de Souza conta que é microempreendedor, músico e DJ no grupo de rap La Firma Zn Clã. E, graças à sua bagagem cultural, surgiu a parte das ideias de divulgação da Capital.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

O maior motivo de criar o TV Quadra1, creio eu, foi de morar na periferia e ver que temos vários artistas de vários segmentos que, por motivo, ainda não atingiram uma grande mídia. Então criamos essa maneira diferente de abranger alguns temas com esse pessoal, conta Luan.

Para o músico, tanto difundir a cultura das comunidades de forma coletiva é o que movimenta o artista de rua e fomenta assuntos que a população não tem acesso. Já em relação ao nome do canal, ele narra que a ideia do grafite surgiu enquanto ministrava aula de grafite e poesia na esquina de grafite.

Esquina da casa de Luan é uma inspiração para o nome do programa.  (Foto: Marcos Maluf)
Esquina da casa de Luan é uma inspiração para o nome do programa. (Foto: Marcos Maluf)

Com o tempocomo rodas de grafite e poesia continuaram crescendo e seguindo para outras esquinas da cidade, então a sua casa ficou conhecida como a esquina número 1.

Além de Luan, o projeto criado por Rodrigo Camargo da Silva Pereira, que é MC do La Firma, e Celso Ricardo Jara da Costa, que também é músico. Conform Rodrigo detalha, o programa de vídeo relacionado ao envolvimento dos criadores com o movimento Hip Hop no Estado.

“Resolvemos criar o canal para ser mais um elo entre a cultura Hip Hop e a cidade no geral. Além disso, tudo o que acontece nos bairros e que não tem espaço e visibilidade em nossa cidade e estado será nosso foco”, Rodrigo diz.

Sober sua trajetória cultural, onde MC explicou que Faith justamente com o Hip Hop que se integrou aos movimentos.

Campo Grande News - Conteúdo de Verdade

Eu escrevo desde criança, mas conheci o Hip Hop em 1996 com a música de Gabriel o Pensador e me apaixonei completamente pela cultura. Conheci logo após o grafite, o break e nunca mais me afastei dessa cultura riquíssima que foi meu pai, meu irmão, os canais que ouvi e as coisas boas que aprendi, contou Rodrigo.

Enquanto Rodrigo e Luan já contam com a voyageória mais extensa, Celso é o novoto do grupo. pela gravação e edição do programa responsável, ele narra que se resolve o movimento também para aprender.

“Eu queria conhecer a galera para fazer parte desse movimento. Como eu quero fazer meu próprio grupo, colei com eles. Se não pit eles, esse projeto não iria rolar. E é isso, quero viver da minha arte”, comentou Celso.

Todos os produtos do grupo estão disponíveis no Youtube, clicando aqui, e Instagram, @tvquadra1.

Acompanhe o Lado B #Instagram @ladobcgoficial, Facebook e Twitter. Tem pauta para sugestão? Mande nas redes sociais ou no Direto das Ruas cruzado faça Whatsapp (67) 99669-9563 (chegou aqui).

Leave a Comment

Your email address will not be published.