Mostra ‘O Lápis Mais Criativo do Mundo’ reúne obras criadas de esboços feitos à mão

Verão 03 de abril de 2022

Terça – Quarta – Quinta – Sexta – Sábado – Domingo

9h às 16h30

Qual o limite da sua imaginação? Para mostrar que todo o mundo é capaz de expressar sua criatividade e fazer coisas incríveis, a sua exposição “O Lapis Mas Criativo do Mundo”usado pela Faber Castellconvocou um tempo de personalidades brasileiras para mostrar que toda ideia tem o mesmo começo: o capítulo.

Dos esboços, os projetos idealizados por esses talentos criativos foram transformados em criações exclusivas que você pode conferir na mostra do Museu da Lingua Portuguesa. A visitação acontece no dia 3 de abril*, terça a domingo, das 9h às 16h30, com entrada gratuita. (*No dia 24 de março a mostra não estará aberta ao público)

Crédito: Allan Hipólito | Reservar CatracaA exposição “O Lápis Mais Criativo do Mundo” convoca um tempo de personalidades brasileiras para mostrar que toda ideia tem o mesmo começo: o lápis

Entre as preciosidades que você encontra por lá, estão os primeiros esboços de Bis e Franjinha, da Turma da Mônica, criados pelo cartunista Maurício de Souza; os originários da música “Aquarela”, de Toquinho; um “Prece da Criatividade”, escrito pelo Padre Fábio de Melo; e uma escultura de 1,70m de altura, feita pelo artista Eduardo Srur com mais de 35 mil lápis de recicláveis, faça o programa de reciclagem da Faber-Castell em porqueria com a TerraCycle.

Tem muitas outras criações!

A exposição com 40 obras, além de experiências sensoriais e multimídia. Os trabalhos divididos basicamente em cinco núcleos: no espaço “O Lápis Criativo do Mundo”, oito artistas e personalidades de diferentes áreas apresentam suas criações inéditas feitas a partir dos esboços a lápis. E trilha ambiente, cada peça dá para ouvir os sons produzidos como nos ateliês dessas fair.

Você vai conferir um vestido projetado pelo famoso estilista Alexandre Herchcovitch e uma luminária feita pelo designer Paulo Biacchi. E ainda tem obras de Pe. Fábio de Mello, Sig Bergamin, Carlos Ruas, Hanna Lucatelli, Maddu Magalhães e Studio Dalzotto.

Os trabalhos de pessoas criativas que causam grandes impactos na nossa sociedade podem ser conferidos na área “O Lápis e as Invenções”. Lá estão objetos como uma mochila-filtro, do projeto Água Camelo; e a estação de garrafa pet, da organização Litro de Luz.

Em seguida, no núcleo “Os Lápis que Fizeram História”, você encontra uma instalação multimídia em formato de livro digital, com rascunhos de grandes invenções mundiais. Tem um esboço do avião 14 Bis, de Santos Dumont; o manuscrito de “Missões Folclóricas”, de Mário de Andrade; o projeto do orelhão, criado por Chu Ming Silveira; entre outras obras.

Já no espaço “Os Lápis Fazendo Arte”, há obras de outros expoentes da comunidade artística. Entre elas, estão as criações do cartunista Maurício de Sousa, da artista plástica Regina Silveira, da drag queen amazonense Uýra Sodoma e do VJ Suave, dupla de artistas multimídia formada por Ceci Soloaga e Ygor Marotta.

Por fim, no ambiente “O EcoLápi Faber-Caste as pessoas vão de forma bem lúdica como são os lápis da marca, manufaturados com madeira de reflorestamento. Os mais de 10 mil hectares de florestas mantidas pela empresa ainda absorvem mas de 900 mil toneladas de CO2 da atmosfera. Legal, nascido?

E, para fechar esse rolê incrível, a mostra “O Lápis Mais Criativo do Mundo” terminou em um elevador interativo e ambientado com a música e o esboço original de “Aquarela”, de Toquinho, que Marcou viajou para a Faber-Castell.

Curtiu? Agora é só visitar a mostra e soltar a criatividade com a juda dos EcoLápis da Faber-Castell. Clique aqui para saber mas sóbria essas maravilhas!


Leave a Comment

Your email address will not be published.