Morre Marianne Peretti, autora dos vitrais da Catedral, aos 94 anos

postado em 29/04/2022 11:08 / atualizado em 29/04/2022 15:12


04-04-2016. Crédito: Breno Fortes/CB/DA Press. Brasil. Brasília-DF. Montagem da exposição A arte monumental no Museu Nacional de Brasília. Na foto da artista Marianne Peretti. – (Crédito: Breno Fortes/CB/DA Press)

Idealizadora dos vitrais da Catedral e do Panteão da Pátria, Marianne Peretti morreu na segunda-feira (25/4), aos 94 anos. O velório está marcado para este sábado (30/4), às 13h, no Cemitério Campo da Esperança. Marianne morreu em Recife, onde morava, mas o corpo chega a Brasília nesta sexta (29/4) e será sepultada no Campo dos Pioneiros.

  • Artista plastica Marianne Peretti, e algumas das suas obras

    Heitor Cunha/DP/DA Imprensa

  • 25/03/2022. Crédito: Minervino Júnior/CB/DA Press. Brasil. Brasília-DF. Isto é Brasília. Vitrais da Catedral Metropolitana de Brasília.
    Minervino Júnior/CB/DAPress

  • STJ anuncia condenação de traficante com base em prova obtida por celular desbloqueado pela polícia – CB Poder |

  • 04/04/2016. Crédito: Breno Fortes/CB/DA Press. Brasil. Brasília-DF. Montagem da exposição A arte monumental no Museu Nacional de Brasília. Na foto da artista Marianne Peretti.
    Breno Fortes/CB/DA Imprensa

  • 04/04/2016. Crédito: Breno Fortes/CB/DA Press. Brasil. Brasília-DF. Montagem da exposição A arte monumental no Museu Nacional de Brasília. Na foto da artista Marianne Peretti.
    Breno Fortes/CB/DA Imprensa

  • 04/04/2016. Crédito: Breno Fortes/CB/DA Press. Brasil. Brasília-DF. Montagem da exposição A arte monumental no Museu Nacional de Brasília. Na foto da artista Marianne Peretti.
    Breno Fortes/CB/DA Imprensa

  • 04/04/2016. Crédito: Breno Fortes/CB/DA Press. Brasil. Brasília-DF. Montagem da exposição A arte monumental no Museu Nacional de Brasília. Na foto da artista Marianne Peretti.
    Breno Fortes/CB/DA Imprensa

Marianne fé uma das grandes colaboradoras do arquiteto Oscar Niemeyer nossos predios históricos de Brasília. Além dos vitrais da Catedral Metropolitana e do Panteão, ela também criou uma série de painéis para os salões do Congresso Nacional, para o Superior Tribunal de Justiça (STJ) e para o Memorial JK.

 28/06/2012.  Crédito: Marcelo Ferreira/CB/DA Press.  Brasil.  Brasília-DF.  Janelas de Brasília.  Panteão da Pátria Trancredo Neves.  Rubrica
28/06/2012. Crédito: Marcelo Ferreira/CB/DA Press. Brasil. Brasília-DF. Janelas de Brasília. Panteão da Pátria Trancredo Neves. Rubrica
(foto: Marcelo Ferreira/CB/DA Press)

Nascida em Paris, filha de mãe francesa e pai pernambucano, Marie Anne Antoinette Hélène Peretti cresceu e estudou na França. Ela chegou ao Brasil em 1956, aos 29 anos. Em 1959, ganhou um prêmio pelo desenho da capa do livro na 5ª Bienal Internacional de Arte de São Paulo. Pouco depois, Oscar Niemeyer, com quem viria a colaborar pelo resto da vida.

Leave a Comment

Your email address will not be published.