Ministra da Cultura lamenta morte do artista plástico Jorge Santos – Observador

A ministra da Cultura, Graça Fonseca, lamentou este domingo morreu do artista plástico Jorge Santos, com 48 anos, e invejoso as suas condolências à família e amigos.

“Joga fé um dos artistas da sua abordagem multidisciplinar, logo mostra suas primeiras pessoas em 2001, com sua abordagem mais destacada em 2001”, destacou a ministra numa nota de ponderação divulgada à imprensa.

O artista plástico nasceu em 1974 em Silves e na época formou-se em Artes Plásticas na Escola Superior de Artes e Design das Caldas da Rainha.

De acordo com a notícia publicada pelo jornal Público, Jorge Santos faleceu repentinamente e inesperadamente de quinta para sexta-feira, em Lisboa, onde morava.

BAR • CONTINUAR A LER A SEGUIR

A nota de continuidade da ministra da Cultura destaca o seu percurso artístico, que passou por uma escultura de trabalho em diversas instituições internacionais e nacionais, com o seu trabalho em diversas instituições estrangeiras e nacionais. , como Fundação Calouste Gulbenkian, Fundação PLMJ, Fundação Carmona e Costa ou MAAT.

“Jorge Santos desenvolveu um profundo compromisso com o valor dos seus objetos e objetos, sobretudo, da expressão da natureza e da sua permanente transformação e mudança, na relação com a luz e a sombra. Em todas as dimensões de reconhecimento sobre as identidades do dia e da noite, a sua obra definiu uma visualidade de expressão, com recurso a fortes contrastes cromáticos, reequilibrando um poeta transformado em pintura e no rigor da sua margem gráfica”, consulte minha nota.

Leave a Comment

Your email address will not be published.