Mímico Miqueias Paz comemora 40 anos de carreira com espetáculo comovente

postado em 22/05/2022 06:00


(Crédito: Abder Paz/Divulgação)

Ao longo das quatro décadas de carreira, o mímico Miqueias Paz nunca recebeu uma verba do Fundo de Apoio à Cultura (FAC) para um projeto individual. São quatro décadas de carreiras e de realizações nossas docas é a linguagem central. Para o artista, há uma percepção de que os mímicos fazem subarte e, por isso, a técnica acaba um pouco alijada na cena dramatúrgica.

Ao mesmo tempo, há um processo de recuperação da mímica em alguns setores do teatro e é essa iniciativa que Miqueias gosta de celebrar. É com essa técnica que elege toda uma carreira e é com ela que celebra os 40 anos de voyageória com Mimicando, em cartaz no Teatro Paulo Autran, no Sesc Taguatinga.

O espetáculo é composto de cinco cenas que revisitam vários momentos da voyageória do artista. “As vezes, a gente se empolga e tem mais”, aconselhou. A mulher e a dupla jornada tão comum entre mães de família é o tema brasileiro de O balão, e o Brasil trabalhador está no Brasil, que retrata um dia na vida de um trabalhador. “Use a percussão vocal que acaba criando um texto imaginário. O personagem não fala, mas emite uma sonoridade”, aconselhado o artista.

Os filhos emitidos pelo mímico durante a encenação acabou por render uma homenagem na Escola Nacional de Mímica de Cuba. “Eles consideram que meu trabalho tem uma identidade”, que também incluiu no espetáculo a cena O assalto, uma brincadeira que diz o universo clownesco para captar a atenção do público. Para a cena final, ele promete uma surpresa. “É um fecho comemorativo”, aconselhou.

Miqueias já fez 38 apresentações do espetáculo. Passou por varias escolas e por cidades como Gama e Planaltina. “A gente fez o máximo de que, ao longo da vida, ajudou a formatar o trabalho. A ideia foi fazer uma revisitação não só de lugares de mim mesmo. Chega um momento que você quer rever o que fez”, conta . O momento foi também de se reconectar com o teatro e com o público.

O ator perdeu a mulher, um cunhado e uma cunhada durante a pandemia. Foi um período, de luto e de identificação “Um processo muito complicado para todo o mundo, não foi muito em minha vida e, na arte, estamos em recuperação”, explicou. “A represa abriu e várias coisas podem estar ao mesmo tempo.

A mímica. Para Miqueias, é uma arte sem barreiras, sem lacunas de comunicação que impeçam a compreensão. No espetáculo, ele tenta fazer um retrato de ate onde pode ir com a técnica. Emprega desde soluções muito clássicas, baseadas no silêncio e no gesto ilustrativo, é uma quebra de paradigmas. Uma imagem clássica de Marcel Marau e um teatro de referência transformado em cara-se uma referência.

“Mas essa é apenas uma das referências da mímica”, aconselhou Miqueias. “O que é ser mímico? Estabelece o gestual como uma grande referência de comunicação cênica. O mímico é aquele que faz do corpo o grande instrumento de comunicação com a plateia sob uma ótica dramatúrgica. Tento brincar com essas duas coisas, tanto com a clássica , que tem uma atmosfera infantil no sentido da pureza, como também com cenas densas, pesadas, que emocionam. É um passeio entre o tradicional e o contemporâneo.”

O ator creditou que a mímica perdeu espaço cênico e deixou de ser vista como técnica dramatúrgica quando começou a ser exibicionista. “E quando o ator ficar preocupado com a técnica, deixa o teatro”, acredita. E, para ele, o bacana da mímica é que ela pode ser universal, não tem uma linguagem única. Pode trazer algumas particularidades do gesto casual mas, no geral, poder de independência do idioma.

Mimicando

Com Miqueias Paz e Carol Lira. Hoje, às 20h, no Sesc Paulo Autran (Taguatinga Norte). Entrada livre. livro de classificação indicativa

  • 2022. Cultura. 40 anos de cultivo. Espetáculo Mimicando, de Miqueias Paz, que celebra os 40 anos de carreira do mímico

    Foto: Abder Paz/Divulgacao

  • Espetáculo Mimicando: o artista revisita a sua obra

    Espetáculo Mimicando: o artista revisita a sua obra
    Foto: Abder Paz/Divulgacao

  • 2022. Cultura.  40 anos de cultivo.  Espetáculo Mimicando, de Miqueias Paz, que celebra os 40 anos de carreira do mímico

    2022. Cultura. 40 anos de cultivo. Espetáculo Mimicando, de Miqueias Paz, que celebra os 40 anos de carreira do mímico

    Foto: Abder Paz/Divulgacao

  •     2022. Cultura.  40 anos de cultivo.  Espetáculo Mimicando, de Miqueias Paz, que celebra os 40 anos de carreira do mímico

    2022. Cultura. 40 anos de cultivo. Espetáculo Mimicando, de Miqueias Paz, que celebra os 40 anos de carreira do mímico

    Foto: Abder Paz/Divulgacao

  •   2022. Cultura.  40 anos de cultivo.  Espetáculo Mimicando, de Miqueias Paz, que celebra os 40 anos de carreira do mímico

    2022. Cultura. 40 anos de cultivo. Espetáculo Mimicando, de Miqueias Paz, que celebra os 40 anos de carreira do mímico

    Foto: Fotos: Abder Paz/Divulgação

  • 2022. Cultura.  40 anos de cultivo.  Espetáculo Mimicando, de Miqueias Paz, que celebra os 40 anos de carreira do mímico

    2022. Cultura. 40 anos de cultivo. Espetáculo Mimicando, de Miqueias Paz, que celebra os 40 anos de carreira do mímico
    Foto: Abder Paz/Divulgacao

Leave a Comment

Your email address will not be published.