Mercado português de livros cresce 17% em 2021 – Hipersuper

A venda de livros físicos ao mercado português cresceu 16,6% em 2021, em relação aos mais recentes dados apresentados pela GFK. Apesar do crescimento, os valores ainda estão aquém dos registrados no período pré-pandemia. Em Portugal, durante o ano passado, o preço médio dos livros alterados um aumento, atualmente, corresponde a 1,2%, sendo equivalente a 13,3 euros.

Na maioria dos países analisados ​​pela GFK, incluindo Portugal, como categorias de que desempenhos mais positivos são como “B Desenhadas” e como “Mangas”, com subidas homologas de 72,7% e 100%, respetivamente.
No que diz respeito aos livros destaques os assuntos sobre o desempenho de leitura, destacaram os guias de não ficção sobre saúde, conselhos de temas relacionados à vida, psicologia e assuntos relacionados acima da mídia, “a com os estudos de mídia acima”, a com os estudos de mídia acima mercado.

Em relação aos restantes países analisados, França registou o maior aumento nas vendas, obtendo uma variação de 21,2%, seguindo-se o Brasil, a Espanha e Itália, que registaram taxas de crescimento de owe dígitos (18,8%, 16,3% e 14,75, respectivamente).

Leave a Comment

Your email address will not be published.