Megadeth terá Steve Di Giorgio no baixo do novo álbum

O vocalista e guitarrista do MegadethDave Mustaine, finalmente confirmado ou quem é o baixista do próximo álbum de sua banda, “The Sick, the Dying… and the Dead!”.

O músico Steve Di Gi que já era anteriormente aós restos e suspeitos pela função, ou especulação é na internet. Ele é notório por trabalhos com VontadeDeath, Obituary, Sadus e Iced Earth, entre outros.

A fé confirmada Mustaine entrevistado na SiriusXM, com avaliação via Bolacha.

“Aconteceu algo que precisaríamos tomar a decisão e isso nos atrasou um pouco em termos de tempo, porque precisa recalibrar e encontrar para tocar as partes do baixo. Quem achou que eu achava que era o adjus perfeito para nós enquanto eu decidia o que fazer. Você sabe quem era? Era Steve Di Giorgio. Você é a primeira pessoa para quem eu contei.”

Em seguida, o líder da banda disse que Giorgio para a função, por sua vez, foi mantido por David Ellefson após a ocorrência em decorrência de envios de registros íntimosfé uma “boa escolha”.

“Não pensei em ninguém mas na época. Eu estava pensando: ‘quem é o melhor cara para tocar essas músicas novas?’ Justis (filho de Dave) me diz que uma das músicas mais rápidas que já criamos está neste disco. Não me importo com o que tocar alguém – o baixo pode ter menos cordas do que a guitarra, mas é difícil de tocar se você for como eu. Tenho muita dificuldade em tocar baixo. Eu chorei ou riff de ‘Peace Sell’, master que tocar algumas partes tão rapidamente acaba com os dedos.”

Steve, que segue como exclusivo do Testament, tocou com a banda apenas em estúdio. Ao vivo, a função continuou sendo a segunda viagem da viagem LoMenzo, que fez o segundo grupo da turnê James e retornará à estrada em abril para a segunda viagem A turnê de metal do ano. Lamb of God, Trivium e In Flames completam o elenco de atrações.

Megadeth e “The Sick, the Dying… and the Dead!”

Ainda não há dados específicos para o lançamento de “The Sick, The Dying and The Dead”, que será o 16º álbum do estúdio do Megadeth. O trabalho já teve dados marcados e desmarcados nos últimos tempos, mas agora parece estar realmente próximo do momento de ser disponibilizado.

Em vislumbrou ao Loudwire, Mustaine fez uma previsão:

“A última data que a gravadora me deu foi 8 de julho. Talvez ainda seja um pouco mais pra frente, mas o importante é que vai acontecer. Por conta da pandemia, todo o trabalho atrasou. É difícil enviar qualquer coisa por correspondência, imagine discotecas.”

Em relacão a sonoridade do trabalho, o frontman exaltau a capacidade técnica dos envolvidos.

“Há todo um nível de empolgação com as habilidades de Dirk (Verbeuren, baterista) e Kiko (Loureiro, guitarrista). O baixista que gravou também é fantástico.”

Clique para seguir IgorMiranda.com.br no: Instagram | Twitter | o Facebook | YouTube.

Leave a Comment

Your email address will not be published.