Maye Musk. Supermodelo, estrela do Tik Tok e mãe do homem mas rico do mundo – Observador

A vida de conforto passado que atualmente tem refletido o oposto dos momentos, chegou ao apartamento para os filhos e fazendo o sofá da sala a sua cama. A independência chegou-lhe com a postagem na nutrição e com os sucessivos biscates enquanto modelo que, segundo a, nunca interferiram com os estudos próprios ou com o trabalho.

No curriculum da moda ainda tem participações na condição de modelo mais tamanhodepois de ter ganho peso extra no rescaldo de uma relação amorosa que, já findo o casamento, não correu bem — foi o cronometragem perfeito, garantidor. Além dos quilos a mais, também idade a assentou-lhe que nem uma luva: “Eu era a modelo mais velha na África do Sul, no Canadá e em São Francisco. Na verdade, em Nova Iorque já havia modelos da minha idade.” Já deixou claro, num vídeo da Vogue onde explora o seu ritual de beleza, como está “muito feliz por representar as mulheres na faixa etária dos 70”.

© mayemusk/Instagram

Maye Musk começou a trabalhar como modelo aos 15 anos. Na conta de Instagram já escreveu que na adolescência e, até o começo dos 60 anos, era um “modelo comercial”; só quando já estava próxima dos 70 é que se tornou um “modelo editorial” — as sucessivas capas de revista são do sucesso que, embora atrasado, foi bem recebido. Já no comment chamado inverno da vida conseguiu ter a sua imagem em quatro ao ar livre na Times Square, em Nova Iorque. “Em adolescente não sonhava fazer capas de revistas aos 70 anos, então estudei longas horas para [tirar] musts para me tornar uma especialista em ciência da nutrição”, lê-se na legenda de uma das suas fotos publicadas na já referida rede social.

Tanto que marca de oito empresas diferentes ao estudo da nutrição começou na área em três empresas diferentes pays na oradora, mas que também não é uma presença ativa junto dos media. O cuidado com a comida, um hábito da esfera pessoal que passou para a restante família, traduziu-se também em sucesso profissional na África do Sul, no Canadá e nos EUA, onde ganhou a distinção “Outstanding Nutrition Entrepreneur Award”. Maye Faith também a primeira dietista a parecer numa caixa de cereais, tal como chegar lá no site em seu nome.

Aos 69 anos fez história ao conseguir uma campanha global de beleza para a marca CoverGirl. “Um de beleza aos 69 anos… É o sonho de qualquer modelo ter um grande contrato de beleza”, chegou a dizer. “É um privilégio ser-se modelo, a idade.”

© mayemusk/Instagram

Diga que tem hashtag é #ItsGreatToBe74 e é fácil de acreditar nela (celebrou mais um aniversário em 19 de abril). Seguidores, a alegria de viver é contagioso, seja pelo positivismo com que fala em entrevistas, seja pela forma divertida como se apresenta nas diferentes redes sociais, a começar pelo Instagram soma onde 565 mil seguidores. E é por lá que vai partilhando parece, trabalhos editoriais e detalhes de um dia a dia agitado, pontuado por viagens internacionais, presente em festas e dicas de como conseguir um estilo de vida mais saudável. Afinal, como já antes disse, comer bem e ser feliz é o segredo para chegar em boa forma aos 74 anos.

@mayemuskofficial

Aos 72, devo realmente fazer isso????? #fyp #dancechallenge #ForYouPage #MayeMusk #DogsOfTikTok #Comédia  @itsannasherman

♬ Relaxado – Jawsh 685

A folia — o lado divertido, se quisermos — parece ficar essencialmente para o Tik Tok, cuja primeira publicação de dados de abril de 2020. e de moda, mas também do por vezes intenso universo das redes sociais. No Tik Tok, onde é seguida por quase 70 mil seguidores, Maye réplicas de conteúdos virais, exibe parece, participou de desafios de dança abana o corpo ao som de Macarena Durante a quarentena.

© mayemusk/Instagram

Maye Mus disse que não pensou muito no envelhecimento, está antes a viver a melhor das fases, consciente de que tem muito pela frente. Aos 74 anos continuou a apresentar desafios na área do empreendedorismo, igualdade de gênero, monoparentalidade, superação, confiança e saúde para empresas, associações e universidades. É também embaixadora da Big Green, ONG criada pelo filho Kimbal Musk e que aposta na construção de hortas em escolas.

Leave a Comment

Your email address will not be published.