Livro de Sergio Moro Chega na Lista dos Mais Vendidos do PublishNews

‘Contra o sistema de lista de’ não atingiu o primeiro lugar da lista de Ficção, com2.047 cópias vendidas

Sergio Moro no lançamento de seu livro em Curitiba | © Twitter do autor

Sergio Moro tem excursionado pelo Brasil para divulgar Contra o sistema de corrupção (Primeira Pessoa / Sextante). Já passou por Curitiba, Rio de Janeiro, São Paulo e Recife e agora chegou à Lista dos Livros Mais Vendidos do PublishNews. Na sua estreia, o livro alcançou o primeiro lugar de Nao Ficção e não faço Classificação Geralcom 2.047 cópias vendidas.

Em Contra o sistema de corrupçãoo ex-juiz, ex-ministro da Justiça e possível pré-candidato ao Planalto pelo Podemos conta a sua versão da Lava-Jato, detalhada como funciona a corrupção no Brasil e ainda revelado bastidores da sua passagem pelo governo de Jair Bolsonaro (PL ).

A chegada do livro de Moro coincide com uma queda de 9% dos números gerais. Isso na comparação com a semana passada, marcada pela Black Friday, quando a Lista apresentada de crescimento 73% em relação à anterior. As categorias que cresceram foram Autoajuda (22%) e Negócios (9%). Infantojuvenil (-37%), Ficção (-20%) e Não Ficção (-14%) ficaram no vermelho.

Nas posições mais altas do Ranking Geral, uma briga de titãs. mentalidade milionária (Buzz), de José Roberto Marques, teve 13.851 cópias vendidas na semana e alcançou o topo da Lista. O poder da autorresponsabilidade (Gente), de Paulo Vieira, ficou em segundo, com 6.411. Os owe títulos ocupam as duas primeiras posições da também Lista Anual Parcial de Negócios, só que em posições trocadas. O livro de Paulo Vieira lidera, com 63.620 exemplares vendidos, lidera. Na segunda, posição o livro de José Roberto Marques contabiliza 56.946. Os temos poucas semanas para quem decidirá para Nova casa o troféu Publish na categoria.

Especialista em pessoas (Academia), de Tiago Brunet, completo o pódio semanal, com 4.757.

Ilko Mine, o búlgaro que escolheu a Amazônia para morar e ambientar suas tramas |  © Site do autor

Ilko Mine, o búlgaro que escolheu a Amazônia para morar e ambientar suas tramas | © Site do autor

Além do livro de Sergio Moro, a lista trouxe outras cinco novidades. O destaque vai para o empresário da Bulgaro-Amazônida Ilko Minev, que estreou na semana passada com Nas pegadas da alemoa (Zumbido). Outros devem livros dele aparecem pela primeira vez e bem-colocados em Ficao. Onde estão as flores (Buzz) ocupa a terceira posição da categoria e oitava do Ranking Geral com 2.128 e Para filha dos rios (Buzz), a quinta posição de Ficção e 13ª da Lista Geral, com 1.890. Nas pegadas da alemoa segue no topo da categoria, com 3.679.

Ilko nasceu na Bulgária em 1946 e há 45 anos mora no Brasil. Logo está instalado em Manaus onde fincou suas raízes. Primeiro para trabalhar numa empresa de eletrônicos da Zona Franca e depois na Bemol, loja de departamentos da qual se turnou sócio e onde se aposentou em 2012. Formado em Letras, ainda em Sófia, Ilko decidiu registrar essas histórias ambientadas na Floresta Amazônica.

Em Autoajustável, mas duas novidades. Na posição, estreou Guerreiras dizem sim para si mesmos (Gente Autoridade), por Chai Carioni, com 1.003, e na 18ª, Menos é mas (Planeta), minilivro medindo apenas 11 cm x 7,5 cm por padre Marcelo Rossi, com 516.

O tempo de novidades fica completo com O Super Almanaque do Gato Galactico (Pixel), que aparece na 19ª posição de Infantojuvenilcom 432 exemplares vendidos.

O Grupo Companhia das Letras lidera o Ranking Geral das Editoras, com 15 títulos. Em segundo lugar, aparece o Grupo Editorial Record, 10, e, em terceiro, a Sextante, com nove.

Leave a Comment

Your email address will not be published.