Jennifer Grey, da Dirty Dancing, passa por operações ao rosto. “Já não sou eu próprio” – Celebridades

Mas muito décadas atrás, como Frances “Baby” Houseman, nenhuma estrela de cinema icônica dança sujaao lado de Patrick Swayze, Jennifer Gray revelou agora alguns dos acontecimentos que tiveram lugar após a estreia do romance musical, em 1987.

No livro de memórias que escreveu, intitulado Fora do canto – e que ficará à venda de 3 de maio – a atriz-americana, de 62 anos, conta como lamentação ter-se-se estendido ao norte a uma rinoplastiaou seja, uma operação plástica ao nariz, quando tinha 27 anos.

Jennifer Gray e Patrick Swayze numa festa depois de uma prévia do filme ‘Dirty Dancing’, 1987
Foto: Imagens Getty

“Queria sair do meu canto. A história da vida que estava a contar a mim própria, sobre como cheguei aqui, não foi boa. Nem tudo foi verdade e não me contei algumas decisões que tomei ao longo dos anos”, confessou em vislumbrou para revista Pessoasreferindo-se às operações. Recorda que algo não estava bem deu-se quando já depois de uma segunda intervenção Michael Douglas não acionou, o clique. “Faith a primeira vez que apareceu em público e percebi que eu tinha tornado visual de um dia para o outro. Aos olhos dos outros, eu já não era eu. Perdi a minha identidade e minha carreira“.


Leia TambemLinda Evangelista mostra pela primeira vez o rosto deformado. “Já não me olho ao espelho”

Na obra, Gray explicou que a fé tomou mãe, Jo Wilder, que encorajou uma decisão drástica. “Estava tão zangada com a minha mãe por me dizer sempre que tinha de tratar o nariz. Quando era criança, eu era completamente anti-rinoplastia. Senti que estava mesmo a ceder”.


Leia TambemO truque para eliminar o duplo queixo sem cirurgia

Contudo, afirma que eventualmente compreendeu os seus motivos: “Porque a minha mãe ama-me, sempre me disse-me, e foi pragável ‘Sabes que mais? É muito difícil conseguir. Vamos tornar isso mais fácil’.” Esta era uma atitude comum para os atores dos pais de Grey, também, que se submediram a cirúrgias plásticas nos anos 50.

Leave a Comment

Your email address will not be published.