Irritado, Marco Costa acusa produção de “falta de transparência”

Na tarde desta terça-feira, dia 29 de março, Marco Costa explodiu e teceu duras críticas ao Big Brother e à produção do reality show por não ter alertado a tempo para uma falha que acabou por creme ao grupo um desafio importante.

Leia Tambem: Após prova falhada, Marco Costa explode e ‘arrasa’ Big Brother: “Vá para o caral*o…”

Ainda a quente, o pasteleiro desfou com vários colegas e, entre os alertas que foi recebido, explicou o seu ponto de vista: “O que é fundamental e transparente é que quando escrevi o primeiro número dizerem-me assim ‘Marco ao confessionário’. Tinha ido ao confessionário, tinha-me aqui para não escrever, apagar e não participar na prova. E eu disse ‘ok, eu fiz batota e não posso participar na prova’“, começou por referir.

Eu fugir o primeiro a tirar a bola, e se eu tivesse calhado a bola preta o que iam fazer? Iam-me escrever o número e fazer uma data de coisas para depois por-me nesta situação. É a transparência, eu sei todos os cantos que estou a ser gravado. Se me veem a escrever e não me dizem nada, é porque já estão à espera de aplicar esta consequência ao grupo e é isto que eu não posso admitir. Não acho correto“, acrescentor Marco Costa.

Além de crescer com as críticas, Marco Costa acusou a produção do programa: “Eu gosto de transparência, não cometi nenhuma irregularidade. Não me faça de burro porque eu não sou burro, eu gosto de transparência. É só isto, é falta de transparência porque eu não infringi nenhuma regra: pediram para me memorizar e eu memorizei. Se fiz certo ou errado, cabia da parte deles quando me viram escrever o primeiro número“.

Veja o vídeo aqui.

Leave a Comment

Your email address will not be published.