‘Extremismo é burro’ Notícias da TV

Gustavo Marsengo revelou que pretende investir na carreira política após deixar o BBB 22 (Globo). analisava o futuro das escolhas deste ano, o investidor crítico enquanto discursos que colaboram para a polarização da sociedade. “Extremismo é burro”, reclamou ele na noite desta quarta-feira (9).

Em um papo com Lucas Bissoli, o ficante de Laís Caldas apostou que 2022 não será um ano positivo para ir às urnas. “Que ano macabro de escolhas que teremos. Eu odeio. Discurso polarizado perdeu a. Qualquer extremismo é burro, tanto para esquerda quanto para direita, tem que encontrar um meio-termo. É lógica que não vai passar por vias.”

Apesar de as políticas não mencionarem o nome do presidente Jair Bolsonaro e de nenhum outro político, Gustavo comentou sobre as pessoas que falam de umas com outras por terem decisões diferentes. “Há pessoas que sabem de falar uma com a outra porque uma vota em outra [opção]. Há pessoas que não sabem conversar, mas daí eu mudo de assunto”, continua o investidor.

Lucas, por sua vez, evitou fazer muitos comentários do assunto, mas sua opinião política: “Crime de a pena que ser severa”. “Se o cara desvia da área da saúde, ele é responsável por milhares de morte”, acrescentou o ex-casa de vidro.

Minutos, Gustavo afirmou que falar sobre política e questões prisões no Brasil é complicado, mas destaca que pretende emitir suas opiniões de forma mas incisiva do lado de fora do confinamento: “Eu penso muito em seguir a carreira política”.


Saiba tudo sobre o BBB 22 com o podcast O Brasil Tá Vendo

Veja “#69 – BBB do amor: A vida louca de quem shippa casal num reality” no Spreaker.


Registre nenhum canal faça Notícias da TV sem YouTube para conferir nossos boletins diários, entrevistas e vídeos ao vivo sobre reality show:

Leave a Comment

Your email address will not be published.