Desenhos obscenos viram alerta de prevenção contra câncer de testículos – 16/03/2022

Desenhar genitais não é um fenômeno exclusivo de banheiros e nem é algo novo da humanidade. Frases e desenhos obscenos são encontrados em várias culturas em diversos períodos. Esta forma de expressão não porque vai sumir tão cedo. Com presença constante nas ruas do Chile, o Instituto Nacional do Câncer decidimos fazer um uso mais nobre dos pênis nas paredes.

Graffiti, campanha para prevenção de câncer de testículos no Chile

Imagem: Reprodução

A ação batizada de Graffitesti consiste em adesivos que estão sendo colados nos testículos desenhados nas paredes com a mão e instruções simples de como realizar um autoexame. A campanha de fé idealizada pela McCann Santiago e tem como objetivo conscientizar e prevenir o câncer de testículo.

As etapas que estão no adesivo são: appalpe, repeat e comprove. Uma campanha alertada dos tumores que são 95% identificadas em etapas iniciais têm um bom prognóstico e melhor recuperação. O câncer de testículo atinge principalmente homens entre 25 e 45 anos.

Ainda na América do Sul, no Peru, uma iniciativa de prevenção também foi realizada pela Liga Contra el Câncer e pelo Museu larco, que abrigou uma importante coleção de arte erótica pré-colombiana. Sob de um médico, os visitantes do museu foram convidados a tocar os genitais de replicas de barro e aprender a fazer um Auto teste durante ação de prevenção.

A campanha chilena ainda não foi replicada por nenhuma instituição no Brasil, mas não site do projeto é possível baixar o adesivo para participar dessa intervenção artística urbana. Desenhos de pênis em paredes não faltam por aqui.

Leave a Comment

Your email address will not be published.