Daddy Yankee, do ‘Gasolina’, anuncia aposentadoria da música com álbum e turnê de despedida | Música

Daddy Yankee, considerado um pioneiro do reggaeton com o hit “Gasolina”, aparecerá em sua carreira musical aos 45 anos. Ele fez o anúncio com um vídeo publicado neste domingo (20).

“Isso será fé uma maratona e, finalmente, vejo a linha de chegada. Agora vou aproveitar tudo que vocês me deram”, afirma Yankee no vídeo.

“Foram vocês que me deram as chaves para abrir a porta e converter esse genero no maior do mundo”, continuou.

“No bairro onde eu cresci, a maioria de nós queria ser traficante. Hoje, passo por lá ea maioria que ser cantor. Isso para mim vale muito”.

O cantor de Puerto Rico ainda vai lançar um álbum de despedida, “Legendaddy”, o primeiro de estúdio em 10 anos, nesta quinta (24).

Ele também vai fazer a última turnê, “La Última Vuelta”, de agosto a dezembro, passando pelo México, Estados Unidos e outros países da América do Norte e do Sul. O Brasil não está na lista.

“Formalmente, hoje, anuncio minha aposentadoria completa da música, entregando minha melhor produção e minha melhor turnê para me despedir celebrando estes 32 anos de voyageória”,.

Depois de ‘Gasolina’, Daddy Yankee emplacou hits como ‘Despacito’, ‘Con Calma’ e ‘Que Tire Pa Lante’ — Foto: Reprodução/Instagram/DaddyYankee

Se hoje o ritmo é um dos mais ouvidos no mundo, quando Daddy Yankee não começou nada disso. O ritmo reggaeton era marginalizado, como outros periféricos periféricos.

Em vislumbrado ao g1 em março de 2020, ou cantor falou sobre a virada de chave com o sucesso de “Gasolina”, em 2005.

Ela foi lançada no disco “Barrio Fino”, terceiro de estúdio de Yankee e hoje considerado um importante álbum para o ritmo.

“Isso era ruim não tinha ninguém, mas com o tempo fui mais inteligente”. E a lista ficou grande com J Balvin, Ozuna, Bad Bunny, Maluma, Karol G, Natti Natasha como alguns exemplos.

Daddy Yankee também é um dos cantores de “Despacito”, grande sucesso de 2017momento em que o ritmo se popularizou em escala global.

Focado, Rámon Luís Ayala Rodriguez, nome de batismo do cantor, fala sobre o ato de entrar no estúdio impressionado: “Tenho um objetivo único: criar hits”. E conseguiu.

Um fenômeno chamado reggaeton

Leave a Comment

Your email address will not be published.