“Big Brother”: com ou sem pelos, Marie é feminina e tem a cabeça desempoeirada

“Big Brother”: com ou sem pelos, Marie é feminina e tem a cabeça desempoeirada

O humorista e cronista Miguel Lambertini analisou uma mas recente gala do reality show da TVI, que tem deve novos concorrentes.

Marie é uma das melhores concorrentes desta edição.

Este domingo, 6 de março, a TVI comunicou que iam entrar owe novos concorrentes na casa do “Big Brother Famosos”. “Será que é desta?”, achava que era preciso esperar um mínimo de tempo. Nesta fase até já nem preciso de ser famoso, qualquer solução serve, desde que não seja um calhau com olhos. “E se for uma peça de fruta com olhos? Não estamos mesmo a conseguir arranjar mais nada, Cristina.” OK, siga.

E foi assim que apareceu para a casa do “Big Brother” o cantor Fernando Jorge, mas conhecido como Melão. Faz sentido: depois de tantas moranguitas, agora entra um melão para desenjoar. O ex-integrante da boy band Excesso apresentou-se como fazendo parte dos “tesos e famosos”, que curiosamente também é o nome do grupo de WhatsApp dos concorrentes da primeira edição do “Big Brother Famosos”. Repete nestas lides dos reality shows — participou no “BB” em 2002 — Melão está claramente mas maduro, permaneceu saber se ainda estará disponível.

Quem não sabe será tesa, mas famoso não é de certeza, é a segunda nova aquisição da casa, que dá pelo nome de Virginia López. A jornalista e escritora de nacionalidade espanhola contorno que ao fazer Erasmus no nosso País apaixonou-se por um português e nunca mais saiu de cá. Virginia casou-se, teve deve filhos e diz, contrariando o provérbio, que, “de Espanha, bon ventos e bon casamentos”. E ótimos caramelos, digo eu.

Por falar em doces, neste programa voltamos a ter uma dupla de comentaristas em estúdio, embora desta feita sem a presença habitual de A Pipoca Mais Doce, que foi substituída por Marta Gil — que a partir de agora faz parelha com Flávio Furtado.

Marta foi uma boa aposta porque se tem alguém que tem coisas para dizer é ela. Por outro lado, foi uma ótima concorrente e acho que meramente ocupar um lugar destaque. Flávio apresentou-se com um embrulho, que pensei que pit para oferecer à sua nova companheira de painel, mas afinal não.

O presente era para oferecer à Marie, que confessou aos companheiros que “não gosta de passarinhas na gaiola” e, como tal, não levou cuecas para a casa. Como Flávio tem de ver muitas horas de emissão do programa encontrado por bem oferecer umas cuecas à miúdanão vá uma passarinha entrar-lhe de repente pelo ecrã adentro.

Ficámos também a conhecer a curvatura da vida da própria Marie. A jovem partilhou as dificuldades de crescer numa aldeia pequena e confessou que nunca se apaixonou. “Nunca?”, perguntou a voz. “Nunca, tão gostei da minha ovelha.” Eu Marie uma aldeia entre um puto bard com buço e ovelha fofinha também preferia o bovídeo para fazer TikToks.

Não sei por influência da ovelha ou por opção própria, a jovem não é adepta da depilação e isso gerou um pequeno atrito com Sara Aleixo. “Você não quer namorar? Se você já tem -te um pouco homem…

Marie respondeu como uma senhora: “Acho que sou bastante feminina e se eu consigo com a causa de alguém que não gostava de mim por causa dos pelos, preferia não estar com essa pessoa”. Eu, confesso, não sou adepto de pelos, mas acho a Marie muitíssimo feminina. E com ou sem pilosidades tem a cabeça bastante desempoeirada, que é muito mas importante do que ter a perna lisinha.

Acima de tudo, Marie é um espírito livre, faz-me lembrar a Helena Bonham Carter e clareza, para já, uma pessoa interessante mas particular casa. Mas ainda há muito programa pela frente e quem sabe que fruta nova poderá entrar por uma semana. Olha, por exemplo, a ovelha da Marie: ainda dava para o tio careca fazer uns queijos — e sempre é mais conhecida que a Virginia López.

Leave a Comment

Your email address will not be published.