“Betclic Mano a Mano”: saiba tudo sobre o novo programa da TVI

Prepare-se como batalhas e salas se – confortáveis ​​​​os televisores por portas de casas, mas mantenham os olhos bem abertos porque “Betclic Mano a Mano” está quase a estrear e insultos.

“O homem batalhador é entre gente que se sabe divertir, sem medo e sem vergonha do ridículo”, Bet é iniciado por explicar Cristina Ferreira, no dia da apresentação do formato.

A nova aposta da TVI tem estreia marcada para a noite de 16 de abril e, para começar, irá com dez programas apresentados por Ana Garcia Martins, também conhecida como “A Pipoca Mais Doce”, e Gilmário Vemba. Será um formato marcado pelo entretenimento, humor e por muita diversão.

Segundo a Diretora de Entretenimento e Ficção da TVI, este formato só podia ser preparado por Ana Garcia Martin Gilmário Vemba. “As expetativas são muito elevadas. A única coisa que pedimos foi: ‘Vá lá, têm só mais calma do que é habitual.’ Ao terceiro programa, calma já não é muita diversão e a calma que, no final, há alguma coisa dentro da cabeça”, contorno, entre dúvidas.

Pára Ana Garcia Martins, será preciso ter “poder de rendimento” para participar num programa destes. “Simplificando, é uma batalha de insultos fofinhos. Verbais, para já. Não vamos partir para a agressão física, para já. Não garanto que não venha a contecer. Tudo se encaminha esse sentido”, brincou.

Para aquela que também é conhecida como “A Pipoca Mais Doce”, o balanço não podia ser mais positivo: “Tudo o que é insultar as pessoas e me pagar para insultar as pessoas é absolutamente espetácular”.

Gilmário Vemba, por sua vez, espera estar à altura da co-apresentadora e do desafio proposto pela TVI. O humorista revelou que está muito feliz por poder apresentar um programa como este e por conseguir “insultar os português à borla e, ainda, por isso”.

Para além dos devedores apresentadores, o formato terá um leque de jurados bem conhecidos do público. Jel, Inês Abrantes, Pedro Henriques vão avaliar as prestações dos convidados.

“Cada programa que faço gosto mais de cá estar. Obrigada, à Cristina, por isto”, agradeceu a treinador pessoal Inês Abrantes.

“Rir, fazer rir e rir de nós próprios é um ato de inteligência. A minha função é mostrar o cartão vermelho às piadas sem graça. .

Já Jel representa uma tranquilidade do formato. “O assar é algo terapêutico nos dias que correm. Acho que o programa deve ser dado nas escolas”, brincou.

Sabe-se, ainda, que esta nova aposta da TV irá contar com a participação de várias caras comunicadas ao meio da televisão e do esporte e que o objetivo tirá-las da zona de conforto.

Leave a Comment

Your email address will not be published.