A 26ª Bienal de SP e o transformador do livro

Com o slogan ‘Todo mundo sai melhor do que entrou’, a Bienal de SP anuncia a sua campanha desta edição, desenvolvida pela agência Rino Com

Marcada para acontecer de 2 a 10 de julho, a Bienal do Livro de São Paulo já anunciou os autores portugueses que participarão do evento e agora anuncia a campanha da sua 26ª edição.

Desenvolvida pela agência Rino Com, o conceito da campanha foi todo baseado no poder de transformação do livro, porque como acredita o evento, “nenhum leitor é o mesmo quando acaba de ler um bom livro, pois este, em todos os seus formatos, tem a capacidade de transformar como pessoas pelo conhecimento adquirido ou pela emoção que transmite”.

Com o slogan Todo mundo sai melhor do que entrou, a campanha brinca com os nomes de alguns autores para mostrar o poder transformador do livro: “Você entra Fernando e sai Pessoa”; “Você entrou em Virginia e sai Woolf”; “Você entrou Júlio e sai Verne”, entre outros.

O VP de Criação da agência, Fernando Piccinini Jr. explica que uma proposta de estratégia tem como objetivo fazer o leitor refl ir sobre o poder da leitura, alcançar pessoas independentemente do sexo, idade e origem e mostrar a importância da Bienal do Livro de SP, através de uma comunicação que, como todo bom livro, acrecente algo. O ponto determinante na criação foi ouvir que esta seria uma campanha não para vender livros, mas para um evento que valoriza este produto cultural e que busca despertar o interesse por ele.

Realização da Câmara Brasileira do Livro (CBL) e organização das Exposições Reed Alcantara Machado, na Bienal do Livro de SP tem a expectativa de receber este ano cerca de 600 mil visitantes em uma área de 65 mil m² e já conta com 182 expositores confirmados. Nesta edição, Portugal é convidado de honra e ocupará uma área de 500 m², onde serão realizadas diversas atividades culturais e de negócios.

Leave a Comment

Your email address will not be published.